Problemas Vocais

Problemas Vocais

 A A voz  é a emoção sonorizada, definiu o escritor e

foniatra Pedro Bloch. Ela é preciosa, mas frágil.

Na verdade, é o cartão de visita de alguém, uma

 espécie de grife da pessoa. É capaz de abrir portas.

 Ou fechá-las. Cantores, políticos, pastores e

 professores formam o principal grupo de risco no

 desgaste da voz.

Seguem algumas reportagens e citações que

 mostram cantores de renome que enfrentaram

 "Problemas Vocais"

 

 

 

 

 

 

Megham Trainor  

A cantora e compositora Meghan Trainor contou que mudou alguns hábitos depois de fazer duas cirurgias por conta de hemorragia nas cordas vocais.

 

Em entrevista à People, ela disse que parou de beber – "eu sei que isso machuca suas cordas [vocais]" – e não fuma mais.

 

"Eu bebo bastante água e comecei a comer de forma mais saudável e a me exercitar mais", disse a vencedora do Grammy, de 24 anos. "Agora, mental e fisicamente, está comprovado que funciona, então vou continuar fazendo."

 

No final de 2016, Meghan teve de cancelar todos os seus shows e compromissos para cuidar da saúde. "Eu sofri uma hemorragia severa nas cordas vocais e fui forçada a passar por uma cirurgia", contou em uma carta aberta aos fãs.

 

Em 2017, ela passou pela segunda cirugia em seis meses, exatamente um ano após ganhar o Grammy. "Foi assustador. É um outro momento em que, tipo, 'eu vou tirar todas as suas esperanças e sonhos por um segundo, colocá-los em pausa e ver se eles voltam'", ela disse.

 

"Meu primeiro pensamento foi: espero que isso funcione. Nós simplesmente continuamos a dizer: 'nós nunca mais vamos fazer isso novamente, nunca vamos fazer isso de novo'. Então, somos muito cuidadosos."

 

Meghan contou que a equipe dela tem sido "extremamente cuidadosa" com a agenda para garantir que ela tenha um dia de descanso depois de um longo dia de entrevistas.

 

"Eu disse a eles: 'parece que ao final de cada ciclo de álbum, eu tenho uma cirurgia'. E eu não posso viver assim porque vou ter álbuns pelo resto da minha vida. Eu não posso fazer cirurgias todo ano!", disse.

 

 

 

 

Shakira decide não operar cordas vocais por alto risco de perder a voz

 

Após ter adiado o início de sua nova turnê duas vezes devido a problemas em sua voz, Shakira anunciou nesta semana que não irá operar as cordas vocais, como foi indicado por seus médicos.

A decisão se deve ao alto risco da cirurgia, que pode causar a perda de até 80% da voz de Shakira. A cantora optou por tratamentos alternativos envolvendo cortisona e repouso da voz durante o período de um mês.

Da última vez que teve que adiar os shows da “El Dorado Tour” em dezembro, Shakira fez um post em suas redes sociais pedindo desculpas aos fãs e dizendo que precisava de mais tempo para recuperar-se da hemorragia nas cordas vocais.

“A lesão requer mais tempo e cuidado para ser curada”, explicou a cantora. “Sinto muito por todos que tinham se planejado para ir aos shows […] Prometo que darei tudo de mim a partir do minuto em que eu subir no palco. Mal posso esperar”, disse a cantora na época.

 

 

 

 

Adele teme que nunca mais possa cantar, diz jornal

Cantora e equipe têm medo de que dano nas cordas vocais seja permanente

POR O GLOBO





Adele cancelou dois shows em Wembley - VALERIE MACON 

LONDRES — A cantora Adele e sua equipe estão com medo de que o dano nas cordas vocais da britânica seja permanente e ela não consiga mais cantar, segundo o "The Sun". Na última sexta-feira, a estrela foi obrigada a adiar os últimos dois shows em Wembley depois de levar sua voz ao limite na turnê de 123 apresentações.

O tabloide britânico apurou nos bastidores que Adele, de 29 anos, sofreu de bronquite na reta final da turnê, o que teria prejudicado ainda mais a voz sem o devido repouso. Em 2011, a britânica precisou reaprender a cantar depois de uma hemorragia na garganta. Na ocasião, ela cancelou uma lista de shows nos Estados Unidos e passou por uma cirurgia.

O procedimento médico foi bem-sucedido, mas gerou um alerta à cantora: forçar a voz daquele jeito, em estresse prolongado, poderia causar um dano maior ainda. Ao "The Sun", uma fonte ligada à equipe da estrela revelou o temor de que ela tenha pagado o preço da turnê mundial.

"Adele estava desesperada para fazer o tour, pelos seus fãs, e a equipe fez tudo o que podia para proteger a voz dela. As datas eram espaçadas para que pudesse se recuperar entre os shows, e ela seguiu à risca um plano elaborado por professores de canto", explicou.

 

Segundo a fonte, Adele começou a sentir dores nos últimos shows. Chegou a admitir em uma apresentação que sentia como se houvesse um "rato morto" na garganta. Ainda assim, ela decidiu seguir o planejamento e, ao forçar a voz, pode ter desenvolvido um dano irreversível nas cordas vocais.

"No entorno dela, o medo não é de que ela não saia mais em turnê. O medo é de que ela não seja capaz de cantar novamente", frisou a fonte.

Adele anunciou aos fãs que estava "devastada" com a interrupção dos shows e prometeu remarcar as apresentações de Wembley — caso não consiga, vai devolver o dinheiro dos ingressos. A cantora até cogitou fechar a turnê com apresentações dubladas. Depois, reconheceu que jamais poderia fazer isso com os fãs. "Não seria a verdadeira eu", escreveu.




    Rihanna

 

 Rihanna

 Fonte : site refinery29 

 

Ela lançou seu álbum, ANTI, no mês passado e estava programado para tocar a faixa "Kiss It Better".

TMZ deu a notícia dizendo que a cantora estava sofrendo de uma lesão de corda vocal que poderia resultar em danos permanentes, se ela continuasse com a performance.

O representante do cantor também deu esta declaração ao JustJared.com explicando sua ausência:

“Com base no exame de Rihanna, depois do ensaio do Grammy de hoje, o médico de Rihanna a colocou em repouso vocal por 48 horas porque ela estava em risco de hemorragia de suas cordas vocais. Os antibióticos nos quais ela esteve durante 3 dias não mataram a infecção adequadamente, portanto ela não pode atuar com segurança. ”

Um escritor do Refinery29 relatou no Grammy que Rihanna estava originalmente programada para se apresentar depois de Ellie Goulding e ser apresentada por James Corden. Infelizmente isso não aconteceu.

Parece que até mesmo a banda de Rihanna foi pego de surpresa pela notícia. Nuno Bettencourt, que toca guitarra, carregou esta foto dois dias antes do show. "Sintonize ... Hoje foi apenas a corrida no Staples, mas na segunda-feira, eu vou estar no palco do Grammy com a versão" non cardboard recorte "desta garota aqui. Ri-United por uma noite só ... Épico.

 

 

 

 

 

 

 

Michael  Bublé

 

 

 

Alicia Keys 

 

 

A Keys teve de cancelar duas datas da turnê de 2008 por causa das cordas vocais inchadas. E em outras vezes em sua carreira, ela também lutou com problemas nas cordas vocais. Por exemplo, durante as filmagens de seu show "VH1 Storytellers" , voz Keys falhou várias vezes. A mesma coisa aconteceu um pouco mais de um mês depois, durante o Hurricane Sandy relief benefit.

 

 

 

 

 

Jordin Brianna Sparks

 

 

 

Em 2007 ela foi declarada vencedora da sexta temporada do reality show American Idol. Aos 16 anos, ela foi a candidata mais jovem da história do programa a vencer o American Idol e seguiu a sua vitória com o lançamento de seu álbum de estréia no final do mesmo ano, que a fez conquistar um American Music Award em 2008 e uma nomeação ao Grammy em 2009. Seu auto-intitulado álbum Jordin Sparks, foi certificado com disco de Platina nos EUA em 12 de dezembro de 2008. 

Em abril de 2008 Sparks, foi diagnosticada com hemorragia nas pregas vocais.
Os médicos disseram que a lesão da prega vocal era tão ruim que poderia prejudicar sua carreira. Eles também lhes disseram que ela tinha que descansar completamente suas cordas vocais por duas semanas, o que significava que ela não poderia falar, rir ou cantar por 14 dias. Felizmente, após o descanso e mudanças de hábitos vocais ela voltou a cantar. Mas sua história serve como um lembrete de quão perigosa uma lesão na prega vocal pode ser. Então, para todos os cantores e rappers : Proteja seu gogó.

 

 Fonte: site vipe.com

 

 

Hemorragia nas cordas vocais afasta Meghan

Trainor dos palcos

 

 

 

 Meghan Trainor foi diagnosticada com uma hemorragia nas cordas vocais, o que a obrigou a cancelar qualquer show programado para os próximos dias.

 

A cantora do hit “All About That Bass” compartilhou a notícia em suas mídias sociais, explicando a recomendação médica de repouso vocal até que sua garganta fique curada. A lesão, relativamente comum entre cantores, compromete a turnê MTrain. Dois shows já foram adiados, ambos em Atlantic City, nesta sexta-feira (03/07) e sábado (04/07). “Eu nunca perdi duas datas de uma turnê, isso está me matado”, desabafou Meghan.

 

O SOM DO SILÊNCIO: CANTORES QUE TIVERAM PROBLEMAS VOCAIS

 

O caso da cantora se assemelha ao de Sam Smith. O cantor de “Stay With Me” passou por uma cirugia nas cordas vocais e teve de cancelar shows e participações em premiações.

 

Claramente chateada, Meghan postou em seu Instagram um vídeo lamentando, logo após postar um texto de desculpas aos fãs.

 

“Eu amo muito todos vocês e quero ficar curada o mais rápido possível, para que eu possa voltar e mostrar essa turnê incrível  na qual temos trabalhado. Eu realmente sinto muito por todos que compraram ingressos e organizaram viagens. Odeio isso”, desabafou.

 

 

 

 

Sam Smith cancela turnê australiana por

hemorragia nas cordas vocais

Pedindo desculpas aos fãs, cantor disse que foram ordens médicas.
Ele tinha mais shows antes da parte asiática da turnê 'In the lonely hour'.

 

 

 

 

O cantor britânico Sam Smith disse nesta terça-feira (28) que cancelou os shows restantes em sua turnê na Austrália por conta de uma hemorragia nas cordas vocais.

 

Pedindo desculpas aos fãs, o vencedor do prêmio Grammy disse que a decisão foi feita a partir de ordens médicas.

 

"Estou profundamente triste de falar para os meus fãs australianos que tenho que cancelar minha turnê australiana", informou o cantor em nota.

 

"Eu estive vocalmente exausto por um tempo, mas na noite passada em Sydney tive uma pequena hemorragia nas minhas cordas vocais. Os médicos me falaram que preciso descansar totalmente até minhas cordas vocais melhorarem, caso contrário, pode se tornar um problema maior", disse o cantor.

 

A Frontier Touring, organizadora da turnê australiana, disse que estava trabalhando com Smith para remarcar as performances para dezembro.

 

Smith tinha mais shows marcados em Sydney, Melbourne, Adelaide e Perth antes de ir para parte asiática da turnê "In The Lonely Hour", que começaria em Tóquio em 7 de maio.

 

Smith brilhou no Grammy deste ano, ganhando quatro prêmios, incluindo o de melhor canção pelo hit "Stay With Me".

 

 

 

 

 

10/11/2011 17h12- Atualizado em 11/11/2011 10h35

Adele se recupera de cirurgia nas cordas vocais

Constantes problemas de voz obrigaram artista a cancelar shows até 2012. Cantora foi operada nesta segunda-feira (7).

Agencia EFE

 
 
 
 
Adele (Foto: AP)

A cantora britânica Adele se recupera esta semana de uma cirurgia para cessar uma hemorragia em suas cordas vocais, concluída com sucesso no Hospital Geral de Massachusets, em Boston (Estados Unidos).

Adele, de 23 anos, foi operada na segunda-feira (7) pelo diretor do Centro para a Voz do hospital, Steven Zeitels, responsável por intervenções em cantores como o líder da banda Aerosmith, Steven Tyler.

"O doutor Zeitels espera que Adele consiga uma recuperação completa de sua microcirurgia com laser", afirmou o hospital, em comunicado.

A artista de soul, cujo último álbum "21" se transformou no mais vendido digitalmente da história, foi obrigada há duas semanas a cancelar suas apresentações até 2012 por seus constantes problemas de voz.

A causa era um pólipo benigno instalado em suas cordas vocais, o que provocava hemorragias recorrentes. "Este problema costuma gerar a presença de vasos sanguíneos instáveis nas cordas vocais que podem se romper", explicou o hospital.

O comunicado afirma que Adele decidiu viajar até Boston por causa do conselho de seu médico e de seu terapeuta vocal, que sugeriram o tratamento com o especialista americano.

Os fãs da cantora, conhecida por sucessos como "Hometown Glory" e "Chasing Pavements", seguiram ansiosos as notícias sobre a cirurgia para comprovar se a jovem recuperaria sua potente voz, que alcançou uma venda de 3 milhões de cópias do seu segundo trabalho no Reino Unido, e a colocou como número um em 17 países.

Por causa da cirurgia, a cantora deve cancelar sua turnê, que compreendia 15 apresentações nos Estados Unidos e Reino Unido entre outubro e novembro. EFE

 

 

 

16/04/201218h47

Nicole Kidman diz que chorou ao ouvir voz do marido Keith Urban após cirurgia nas cordas vocais

Do UOL, em São Paulo

A atriz Nicole Kidman é fotografada ao lado do marido, o cantor Keith Urban, e as filhas Sunday Rose e Faith Margareth, momentos antes de embarcar em voo, no Tom Bradley Terminal, em Los Angeles, na California (24/5/2011

A atriz Nicole Kidman é fotografada ao lado do marido, o cantor Keith Urban, e as filhas Sunday Rose e Faith Margareth, momentos antes de embarcar em voo, no Tom Bradley Terminal, em Los Angeles, na California (24/5/2011)

 

 

A atriz Nicole Kidman, casada com o músico Keith Urban, revelou que chorou ao ouvir a voz do marido pela primeira vez depois que ele passou por uma cirurgia na garganta e ficou três semanas sem falar.

Em novembro de 2011, Urban retirou um pólipo das cordas vocais. O cantor country voltou aos palcos em fevereiro deste ano.

Nicole Kidman brincou sobre a experiência de conviver com o marido impedido de falar, dizendo que a "casa ficou muito quieta". Ainda assim ela revelou que os dois tiveram discussões durante o período de silêncio por meio de bilhetes.

A atriz afirmou ainda que a experiência fortaleceu o casamento. "Foi muito profundo ficar sem a voz dele e então finalmente ouvi-lo outra vez.. E se soasse diferente? Eu estava lá quando ele disse as primeiras palavras e nós choramos. Quantas pessoas vivenciam as primeiras palavras do marido? Se isso não te toca, então você não está respirando". disse Kidman.

 

 

 

 

 

Phil Collins

 

 

 

 

Fonte - WikipediPhilip David Charles Collins, LVO (Londres, 30 de janeiro de 1951), mais conhecido como Phil Collins, é um músico britânico. Foi baterista e vocalista da banda Genesis, mas também atingiu êxito na carreira solo. Também atuou em alguns filmes e programas de televisão.

Phil Collins já colaborou com vários artistas conhecidos, como Bone Thugs'N'Harmony, Paul McCartney, George Harrison, Eric Clapton, Roland Orzabal, Jethro Tull, Robert Plant, Ringo Starr, John Lennon,Elton John, Mike Oldfield, Sting, Anni-Frid Lyngstad do ABBA, Mark Knopfler, Peter Gabriel, Bee Gees e Ravi Shankar. Fez uma participação especial em Woman in Chains, do Tears for Fears, também participou do álbum Break Every Rule de Tina Turner, tocando bateria em músicas como Typical Male e Girls, e também colaborou com a banda Led Zeppelin no Live Aid, tocando bateria. Também participou da música Home, do grupo de rap Bone Thugs'N'Harmony

 

Depois que Peter Gabriel deixou o Genesis em 1975, Collins assumiu os vocais. Esse foi o período de maior sucesso comercial da banda, que continuou através dos anos 80. Enquanto trabalhava tanto como vocalista quanto de baterista, dava os primeiros passos de uma bem-sucedida carreira solo.

 

Apesar da enorme popularidade, as vendas dos discos de Collins começaram a decair nos anos 90. Em 2003 ele anunciou que iria terminar sua carreira solo, fazendo uma turnê de despedida. Em 2006, juntamente com Mike Rutherford e Tony Banks, anunciou uma nova turnê da banda Genesis, com a qual também participou do Live Earth, em 2007.

 

Em Abril de 2008 disse em entrevista ao The Times que não vai voltar a gravar nem sequer regressar à estrada. Collins vai dedicar-se à colecção de memorabilia relativa à batalha do Álamo.

 

Em 23 de Maio de 2008, Phil Collins anuncia o fim da sua carreira. O motivo foi um problema nas cordas vocais, que dificulta o canto, anteriormente também teve problemas com a audição.

 

Em 19 de Outubro de 2009, anunciou que também irá parar de tocar bateria. Após uma cirurgia em uma das vértebras da coluna cervical (próxima a nuca) que teve como seqüela a perda da sensibilidade nos dedos que o impede de tocar o instrumento. Comentou inclusive, em tom de humor, que a única forma para tocar seria a de alguém colar as baquetas em suas mãos.

 

Em 13 de Setembro de 2010 Phil Collins volta a gravar, com o lançamento do álbum "Going Back" com faixas de standarts da Motown Records e de Soul Music dos anos 60.

 

Em Março de 2011 foi anunciado na imprensa que Phil Collins deixa a música para ser pai a tempo inteiro[1].


 

 

 

Celine Dion cancela shows por problemas nas cordas vocais

foto: Reprodução

A cantora canadense cancelará seus shows em Las Vegas, nos Estados Unidos, durante pelo menos seis semanas por problemas em uma de suas cordas vocais.

"Tentei cantar durante a passagem de som na semana passada e não tive controle da minha voz. Pensamos que após alguns dias de descanso eu melhoraria, mas não melhorou. Acho que foi pior do que pensei", disse a artista de 43 anos em seu site.

De acordo com a Folha online, a intérprete de "My Heart Will Go On" confiou sua reabilitação ao doutor Gerarld Berke, do centro médico da Universidade de Los Angeles e considerado uma referência no campo da laringologia.

"Sou afortunada por poder visitar o professor Berke. Identificou qual era a causa dos problemas e assegurou que com o tempo de repouso que me prescreveu estaria outra vez 100%", declarou a cantora, que deve ficar afastada do palco entre seis e oito semanas.

A cantora foi diagnosticada com "fraqueza em sua corda vocal direita derivada de uma doença virótica" e teve que cancelar a apresentação prevista para o dia 18 de março.

"Obviamente isto é o pior para um cantor, não ser capaz de fazer seus espetáculos. Me sinto pior sabendo que estou decepcionando meus fãs. Sinto muito, espero que me perdoem", lamentou.

Celine Dion retornou a Las Vegas em 2011 com um novo espetáculo permanente após uma primeira temporada entre 2003 e 2007. A canadense assinou um contrato de três anos para cantar no auditório Colosseum do hotel e cassino Caesars Palace de Las Vegas, em Nevada.

A previsão é que a cantora retome seus shows durante a temporada do verão americano, entre os dias 9 de junho e 19 de agosto

 

 

 

OMG: Problemas vocais forçam Beyoncé a interromper gravação de especial

 
 

 

gravação de especial

A cantora Beyoncé se viu obrigada a parar as gravações para o especial A Night With Beyoncé. No primeiro dia de gravações, seu álbum anterior, I Am... Sasha Fierce, teve destaque, mas no segundo dia, imediatamente seguinte ao primeiro, sem tempo para descanso, o foco foi o atual trabalho, "4", que manteve a primeira colocação em vendagem, segundo a Billboard, pela segunda semana consecutiva.

Durante a música Countdown, Beyoncé perdeu a voz. Sendo obrigada a forçar suas cordas vocais para chegar ao final da música, pediu desculpas aos fãs na platéia e deu fim às gravações.

Provavelmente a platéia não achou legal, afinal, o público do dia anterior recebeu 200 pizzas da cantora para saborear enquanto assistia ao show, que aconteceu até o fim. (Aí depois a tia Michelle Obama chama pra campanha anti-obesidade, neh)



 

 



 

 

 
 

 

 

 03/07/2012 - 10:30

Aerosmith cancela show por problemas nas cordas vocais de Steven Tyler

 

 

DivulgaçãoSteven Tyler está com problemas nas cordas vocais

 

O Aerosmith foi obrigado a cancelar o show que faria na noite desta terça-feira, dia 3, em Bristow, Virgínia. O motivo alegado pela banda foi um problema nas cordas vocais de Steven Tyler.

Eles atualmente estão em turnê divulgando o disco "Music From Another Dimension", que teve seu lançamento adiado duas vezes. Até o momento continua definido que o álbum chega ao mercado no dia 6 de novembro.

Tyler explicou que a banda está com a agenda lotada de compromissos, já que eles começaram a turnê antes de lançar o disco, e por isso não conseguiram ainda finalizar algumas músicas. Por enquanto os fãs podem ouvir a faixa "Legendary Child", escrita para o filme "G.I. Joe: Retaliation".

 

 

 

Nicki Minaj cancela shows após problema com suas cordas vocais

20/08/2012 11h40 da Redação

Cantora deverá ficar de repouso por uma semana até recuperar a voz
Nicki Minaj
Apesar de estar com a carreira a pleno vapor, Nicki Minaj foi obrigada a fazer uma pausa forçada na turnê de divulgação de "Pink Friday: Roman Reloaded".

Após desobedecer ordens médicas para descansar suas cordas vocais e fazer duas apresentações em Nova Iorque, incluindo uma no programa Today Show, a rapper cancelou sua participação no V Festival que ocorreu neste último fim de semana na Inglaterra, por conta do desgaste de suas cordas vocais.

A produção do evento emitiu um comunicado dizendo: "A Srta. Minaj e sua equipe desembarcaram no Reino Unido antes da data da apresentação no festival neste fim de semana, porém a artista voltou a se sentir mal ao pegar o voo em Nova Iorque.

Após passar novamente pelo médico, a cantora foi aconselhada a descansar por pelo menos uma semana, o que infelizmente significa que ela não estará apta para se apresentar no V Festival".



http://www.vagalume.com.br/news/2012/08/20/nicki-minaj-cancela-shows-apos-problema-com-suas-cordas-vocais.html#ixzz24HmRjjmj

 

 

 

 

sexta-feira, 25 de maio de 2012

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 

Shania Twain diz que problema vocal não findará a sua carreira

19.05.11POR WESLEY MUNIZ COMENTÁRIOS 

Shania Twain
Foto: Divulgação

Há algum tempo, Shania Twain revelou sofrer de uma disfunção vocal conhecida como disfonia, que atinge profissionais que usam a voz de forma incorreta, ou sem preparo e exercício prévio, algo obrigatório para a saúde vocal. O problema pode causar a perda da voz, o que para um cantor não é nada agradável.

Shania atualmente se submete a um árduo tratamento para reparar os danos das suas cordas vocais. Ela contou ao Access Hollywood, que um dos motivos da doença é repressão que ela mesma infringiu sobre os seus sentimentos, e também, por não ter cuidado da voz fisicamente.

Apesar do diagnóstico desanimador, a cantora demonstrou força e ânimo, insistindo que os médicos acreditam que ela será capaz de cantar após tratamento. “Aparentemente, eu vou cantar novamente, mas vai ser trabalhoso. Cheguei até o fundo”, disse.

Com cautela, ela pediu calma aos fãs. Mesmo quando voltar, a sua voz não terá o mesmo desempenho de antes, pelo menos não de imediato. Na entrevista, é possível perceber que em alguns momentos, a voz de Shania não está saudável. “[se eu gravasse] agora, teria um som muito inconsistente. Eu poderia ter a nota certa, e então eu poderia ter uma nota que está fora do meu controle”, observou.

 

 

 

Whitney Houston teve problema com voz, diz treinador vocal.

 

 

 

SÃO PAULO - Whitney Houston estava "profundamente, psicologicamente e emocionalmente" afetada pelo estado de sua voz pouco antes de sua morte.

Segundo seu treinador vocal e amigo, Gary Catona, sua personalidade havia mudado pela deterioração de sua voz por causa de tabagismo e drogas, antes de ser encontrada morta no Beverly Hilton Hotel, em fevereiro.

“Ela ficou horrorizada com isso. Quando alguém é um cantor deste nível, sua voz é muito sobre quem ele é. Ela se identificou com sua voz. Isso não era possível para Whitney, para ser afetada profundamente, psicologicamente e emocionalmente, pelo falo de não poder cantar”, contou o amigo.

Catona conheceu Whitney em 2005, quando ela já mal podia falar. Ele diz que conseguiu 75% re retorno da voz da cantora, mas ela nunca se recuperou completamente antes de danificá-la novamente.

"Conforme sua voz começou a voltar, sua personalidade começou a mudar, como eu previ. Ela estava mais confiante, voltou a ser quem realmente era, uma pessoa divertida, charmosa e inteligente. Sua auto-estima começou a aumentar. Ela ia tentar cantar aqui, ou cantar lá. Ao invés de ter sua voz de volta completamente, o que teria garantido o seu legado, ela foi pega em seu estilo de vida novamente e começou a praticar os hábitos que não eram benéficos para a sua voz."

 

 

 

 

 

Com problemas nas cordas vocais, Cyndi Lauper cancela shows

 

Cantora, que descobriu pólipos nas cordas vocais, mandou mensagem para os fãs no Twitter: "Vai ficar tudo bem"

QUEM ONLINE

AP Photo/Amanda Schwab, StarPix

Cyndi Lauper cancelou os shows que faria em fevereiro por causa de pólipos nas cordas vocais - lesões não cancerosas devido ao uso excessivo da voz. Em seu Twitter, ela mandou uma mensagem aos fãs: "Estou me recuperando, em silêncio. O pólipo já reduziu. Ironicamente, ele apareceu por causa de falar, não de cantar", publicou a cantora.

"Agora estou aprendendo a falar de maneira diferente para que isso não aconteça de novo. Não fiquem alarmados. Vai ficar tudo bem... Em um mês estarei cantando melhor do que nunca", escreveu Cyndi. Conhecida pelo grande alcance vocal, a cantora já passou por um problema sério no final da década de 70, quando ficou completamente sem voz e precisou de um longo tratamento para se recuperar.

 

 
 
 
 
 

Björk segue com problemas nas cordas vocais e cancela apresentações no festival europeu Primavera Sound

11.05.2012 | Por  | Publicado em Notícias

 
 
 
 
 

 

O problema de Björk nas cordas vocais começa a preocupar de vez os seus fãs. Depois decancelar shows na Argentina e no Brasil, a cantora anunciou que também não se apresentará no festival Primavera Sound, que ocorrerá em junho, na Espanha e Portugal.

Björk tem um nódulo inflamado em sua garganta e, por recomendação médica, deverá ficar ainda um bom tempo em observação. Para substituir a islandesa em Portugal, a organização do festival convocou o Kings of Convenience, que se apresenta também em Barcelona.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Florence Welch sofre de tensão vocal aguda; no Twitter, cantora disse que se insistir em cantar pode causar danos permanentes na voz

A cantora inglesa Florence Welch (25), da banda Florence And The Machine, perdeu a voz e foi forçada a cancelar o show que faria no Festival Benicàssim, na Espanha, nesta quinta-feira, 12.  Segundo comunicado, Florence está sofrendo de tensão vocal aguda, que causou inchaço das cordas vocais.

"Estou com problemas com a voz e me disseram que não poderei cantar por uma semana. Foi muito assustador", escreveu a cantora no Twitter. "Lamento muito por todos os fãs. Queria cantar mesmo assim, mas disseram que isso poderia causar danos permanentes", completou.

Por causa da doença da vocalista, o Florence And The Machine também não deverá cumprir o próximo compromisso da agenda, um outro festival, em Lisboa (Portugal), que acontece no sábado, 14. A apresentação seguinte da banda está marcada para o dia 20, em Burnaby (Canadá).

Não é a primeira vez que uma cantora inglesa é obrigada a fazer uma pausa no auge da carreira por problemas com a voz. Em novembro do ano passado, a futura mamãe Adele (24) precisou ser submetida a uma cirurgia para retirada de um pólipo benigno que pode ter sido causado pelo rompimento de vasos sanguíneos das cordas vocais. Fez um retorno triunfal aos palcos em fevereiro, no Grammy, e ainda levou seis estatuetas da premiação. Jessie J (24) também enfrentou problemas com a voz recentemente.

Florence ganhou projeção internacional com o hit Dog Days Are Over, segundo single do álbum de estreia, Lungs (2009), lançado em dezembro de 2010. Em janeiro deste ano, a banda esteve no Brasil pela primeira vez, para shows no Summer Soul Festival. O segundo e mais recente disco, Ceremonials, foi lançado no ano passado e já rendeu quatro singles. Oúltimo delesSpectrum, teve clipe dirigido por David LaChapelle (49).

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Depois de Adele, a cantora Jessie J é a nova estrela pop com problemas vocais. A inglesa precisou cancelar, de última hora, duas apresentações que faria na Austrália

Parace que a bruxa está solta entre as jovens cantoras inglesas. Após Adele (23) ter enfrentado um sangramento na garganta, que a tirou dos palcos no final do ano passado, agora é a vez de Jessie J (23) perder a voz. Ela é a cantora do hit Price Tag, que faz parte da trilha sonora da novela Fina Estampa.

Segundo o taboide britânico The Sun, a Jessie começou a sentir o problema durante uma viagem de avião. No Twitter, ela postou: "Eu não esperava que isso acontecesse. Às vezes não consigo evitar adoecer. Gostaria de ter poderes especiais para recuperar minha voz".

A cantora precisou cancelar no domingo, 4, de última hora, duas apresentações na Austrália. Os shows fariam parte da turnê Heartbeat, de divulgação do disco de estreia da artista, Who You Are (2011).

 
 
 
 
 
 
 
Justin Young da Banda Vaccines
 
 
 
 
 
 
 
A banda Vaccines teve de cancelar sua agenda de shows em setembro deste ano por causa de uma cirurgia na garganta a que seu vocalista, Justin Young, teve de se submeter. Foi a terceira cirurgia de Young no ano. Foram cancelados shows nos Estados Unidos, Europa e Japão
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O cantor de R&B ganhador do Grammy R.Kelly teve de se submeter a uma cirurgia de emergência em julho de 2011. Ele sentiu fortes dores na garganta e teve de ser levado às pressas a um hospital de Chicago, onde passou pelo procedimento cirúrgico.
 
 
 
27 de Junho de 2012
UOL/CELEBRIDADES

Complicações de uma cirurgia feita em 2011 para tratar um abscesso nas cordas vocais fizeram o cantor R. Kelly cancelar sua agenda nesta quarta-feira (27), informaram pessoas ligadas ao artista ao site de celebridades TMZ.

Kelly cancelou uma festa de lançamento de um livro em Nova York marcada para noite desta quarta-feira (27), uma participação no programa "Late Night", de Jimmy Fallon e no show "Today", também do canal NBC.

Em nota, os representantes do cantor disseram que não se sabe quanto tempo Kelly permanecerá longe dos compromissos e pediram desculpas por qualquer inconveniente que as ausências possam ter causado.

 

 

 

 

 

John Mayer

 

          V

 

John Mayer teve de se submeter a uma cirurgia para a retirada de um granuloma das cordas vocais em outubro deste ano. O cantor até tentou fugir da operação, ficando 15 dias em repouso absoluto de sua voz, mas não houve nenhuma melhora significativa. A única alternativa para ele foi mesmo uma intervenção cirúrgica.
 
 
 
 

 

Maxwell cancela turnê norte-americana por problemas vocais

Cantor foi diagnosticado com um edema hemorrágico nas cordas vocais.
'Acabei danificando minha voz temporariamente', disse o cantor.
 

Do G1 RJ

 
 
O cantor Maxwell (Foto: AP)
O cantor Maxwell (Foto: AP)

O cantor de R&B Maxwell cancelou uma curta turnê que faria pelos Estados Unidos por conta de um edema hemorrágico nas cordas vocais. A série de seis shows, agendada para julho e agosto, passaria por cidades como Los Angeles e Atlanta.

"Sei que é chato, mas depois de muitos meses de gravação acabei danificando minha voz temporariamente. Fui severamente orientado a repousar e fazer tratamento", escreveu o cantor em mensagem publicada em seu site oficial.

Ainda segundo informações divulgadas pela página do músico na internet, Maxwell estará de volta aos palcos para promover seu próximo álbum, que será lançado até o fim do ano.

"Minhas mais profundas desculpas por quem tentou assistir ao show", concluiu o cantor.

 

 

 

 

 

 

 

 

vocalista do The Who, Roger Daltrey

 

 

 

O vocalista do The Who, Roger Daltrey, foi muito criticado pela voz apresentada no show do Super Bowl em 2010, mas o que muita gente não sabia é que algumas semanas antes Daltrey havia passado por uma cirurgia para remover um princípio de câncer de suas cordas vocais. Ele percebeu o problema durante uma turnê em 2009 e a cirurgia foi feita uma semana antes do Natal do mesmo ano
 
 
 
 
Paul Stanley 
 
 
 
O frontman do Kiss passou por uma cirurgia vocal no último mês de outubro, mas foi algo preventivo. O artista de 59 optou por se submeter ao procedimento após décadas abusando do próprio gogó. Ele disse à CNN na época que queria “remediar alguns problemas pequenos que acabam surgindo após 40 anos de pregação do rock 'n' roll".

 
 
 
Miley Cyrus
 
 
 
 
 
 
 
... há um relato sobre a voz de Miley, estar com um nódulo em suas pregas vocais. Nódulos, muitas vezes afetam cantores e pessoas que têm de gritar ou usar a sua voz em condições barulhentas como líderes de torcida e locutores. Eles são um pouco comum entre os cantores, mas pode afetar a voz de uma pessoa e inviabilizar a carreira cantando.
 
 
 
"A voz de Miley começou a ficar realmente rouca no final de agosto, e ela estava tendo problemas para chegar nas notas altas que ela chegava antes", diz a fonte. "Seus pais preocupados levou para o médico, que diagnosticou estágio iniciail de um nódulo. Isso obviamente não é uma boa notícia, especialmente porque ela é tão jovem. "
Felizmente, sua condição foi diagnosticada em seus estágios iniciais. Um representante de Miley nega, mas a fonte acrescenta o médico recomendou três semanas de repouso vocal, mas ela corajosamente insistiu em realizar brevemente no 05 de setembro Stand Up to Cancer e 14 de setembro Concert for Hope fun-criadores, e planejava percorrer com ela 27 de setembro show no Foxwoods Resort Casino de Connecticut. Seu médico também sugeriu aulas de canto para reaprender a aquecer e usar a voz corretamente.
"A hidratação também é muito importante, beber muitos líquidos e usar um umidificador para ajudar a diminuir os nódulos", diz LA-based ouvido, nariz e garganta especialista Ali Namazie, MD, que não é médico de Miley.
 
 
 
 
[De Star Magazine, edição impressa, 6 de outubro de 2008]
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Justim Timberlake
 
 
 
 
Em maio de 2005, Justin Timberlake passou por uma cirurgia para tirar nódulos da garganta e teve de evitar cantar alto por alguns meses. O cantor percebeu que havia algo de errado com sua voz durante a gravação do single Signs, uma parceria com o rapper Snoop Dogg
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Foo Fighters | Dave Grohl detalha os problemas na voz que o levaram a cancelar shows.Vocalista revela ter cisto na garganta

Carina Toledo
08 de Março de 2012

 
 

No final de fevereiro, o Foo Fighters cancelou todo o segmento asiático de sua turnê, para que Dave Grohlpudesse recuperar-se de problemas vocais.

Agora, em entrevista à Rolling Stone Brasil, o vocalista revelou ter um cisto na garganta, mas mostrou-se seguro para o show do Lollapalooza Brasil.

"Eu estou bem. É algo que existe faz um bom tempo. Eu tenho um cisto na minha garganta já há um ano. Só que eu vinha evitando mexer nele. Quando voltei pra casa da última viagem, aquilo acabou se transformando em algo que me obrigou a procurar um médico pra valer. Fui lá e tive de fazer uma ressonância magnética, passei por diversos médicos, só para ter certeza de que não era algo realmente perigoso.

Sabe, eu já estou viajando há muito tempo, berrando até a minha cabeça estourar pelos últimos 18 anos [risos]. A coisa mais importante para mim... quero dizer, honestamente, a coisa mais importante da minha vida é a felicidade, família e amigos. A segunda coisa mais importante para mim é a música. Então, ter certeza de que minha garganta irá funcionar pelo resto da vida é o mais importante neste momento. Eu só precisava mesmo me consultar com uns médicos, cuidar disso e ficar pronto para voar para aí e encontrar vocês", declarou Grohl.

A edição brasileira do Lollapalooza acontece nos dias 7 e 8 de abril, no Jockey Club, em São Paulo. O primeiro dia do festival, que conta com Foo Fighters como headliner, já está esgotado.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Robert Plant
 
 
 
 
 
Robert Plant - Durante uma turnê pelos Estados Unidos em 1973, Robert Plant, vocalista do Led Zeppelin, danificou profundamente sua voz e passou por um procedimento na garganta, o que o impediu de falar por três semanas. Depois disso, sua voz nunca mais foi a mesma e ele não pôde mais alcançar as mesmas notas que conseguia antes.
 
 
 
 
 
 
 

Cantor Frank Ocean cancela shows na Austrália por problemas vocais

 
 

LOS ANGELES, 26 Jul (Reuters) - O cantor norte-americano R&B Frank Ocean cancelou as datas restantes de sua turnê australiana por causa de uma lesão em uma de suas cordas vocais, afirmou a promotora da turnê nesta sexta-feira.

Ocean, cujo álbum de estreia "Channel Orange" ganhou um Grammy neste ano, começou a ter problemas vocais durante sua apresentação em Melbourne na quinta-feira, afirmou a Live Nation Australia & New Zealand.

"Foi posteriormente confirmado que Frank sofreu um pequeno rasgo em uma de suas cordas vocais e recebeu orientação médica de que deve descansar a sua voz", disse a promotora em mensagem no Facebook. "Isso torna impossível a conclusão de sua turnê australiana."

Ocean, de 25 anos, deveria se apresentar em Melbourne nesta sexta-feira e em Sydney na segunda e terça-feira.

Não se sabe se Ocean terá condições de se apresentar no Festival Osheaga em Montreal em 3 de agosto ou no Festival de Música OVO em 4 de agosto, de acordo com o agente do cantor.

(Reportagem de Eric Kelsey)

 

 

 

 Nathan Sykes, Vocalista do The Wanted

Adicionar à lista crescente de cantores que precisam de cirurgia vocal o vocalista do The Wanted, Nathan Sykes. Já no caminho para a recuperação, Sykes está agora em um período de repouso vocal e reabilitação após a cirurgia. Relatos indicam que a cirurgia era uma emergência e que ele havia sofrido uma hemorragia.

Dado que a cirurgia foi necessária, o que é extremamente raro para hemorragias, o mais provável é que uma hemorragia resultou na formação de uma massa. A massa mais comum para formar devido a uma hemorragia vocal é um pólipo, que é uma coleção de líquido que cresce fora da borda da prega vocal.

 

 

 

 

Beyonce Cancela Um Show Na Bélgica
 

Beyonce anunciou o cancelamento de um show na Bélgica. A 14 de maio de 2013 show foi cancelado sob as ordens do médico, alegadamente devido a "exaustão e desidratação."

Pode desidratação e exaustão afetar a voz?

Como a desidratação afeta a voz?

A hidratação é extremamente importante para a função vocal. A camada de vibração das cordas vocais é chamado de lâmina própria superficial (SLP). Enquanto o nome científico é complexo, o conceito é que esta camada gelatinosa, localizado sob o forro de cabo vocal (epitélio), é responsável pela vibração das cordas vocais. As vibrações são o que produzem som; portanto, manter o fluido na SLP  é necessario.

 

 

 

 

 

 

 

A Mucosa é normalmente produzida pelas glândulas salivares do corpo, incluindo aqueles localizados na laringe. A mucosa será grossa ou fina de acordo com a quantidade de fluido no corpo. Quanto mais hidratada a pessoa, mais fino o muco e menor a probabilidade seria de causar interrupções no som.

Há muitos remédios que circulam em todo círculos  de cantores prometendo reparos rápidos e maneiras de refazer o a voz rapidamente. Conselhos se estende desde o chá com mel até esteróides para um dia de uma  dura performance. Um dos poucos que é verdadeiro, é que a ingestão de líquidos ajuda a voz.

Como o cansaço afetam a voz?

Cantar é uma tarefa atlética. Cantores utilizam musculaturas como atletas, utilizando pulmões, músculos da respiração e os músculos de suporte de voz para a sua capacidade máxima. É preciso força significativa muscular, apoio, fôlego e energia para cantar profissionalmente.

Exaustão, quando significativa, limita a capacidade de conseguir a energia necessária para conduzir o som saudável. Quando isso acontece, o cantor conta com músculos acessórios para produzir o som e isso aumenta o risco de lesões drasticamente.

Descanso antes de uma apresentação, hidratação adequada e voz devidamente "treinada", são fundamentais para a prevenção de lesões.

 

 

 

 

Hugh Jackman cancela peça na Turquia após sofrer hemorragia nas cordas vocais

O ator, em cartaz com o musical 'An Evening with Hugh Jackman', lamentou o cancelamento das apresentações: "Estou devastado". Médico garante que tudo vai voltar ao normal após tratamento

 

 

 

 

 

Hugh Jackman sofreu uma hemorragia nas cordas vocais nesta quarta-feira (18) e, por isso, precisou cancelar três apresentações do musical An Evening with Hugh Jackman em Istambul, capital da Turquia. Em comunicado divulgado pela casa de eventos onde se realizaria a peça, Zorlu Performing Arts Center, o ator contou que permanecerá em repouso vocal durante os próximos dias, para se recuperar do dano.

"Merhaba", disse ele, usando a expressão de saudação em turco. "Estou devastado em ter que dizer a vocês que fui diagnosticado com uma hemorragia vocal esqueda. Seguindo conselho dos doutores İsmail Koçak e Gwen Korovin, eu terei que cancelar o restante dos shows aqui em Istabul. Permancerei em repouso vocal completo nos próximos dias", contou. "Não se enganem, eu vou voltar e fazer as pazes com vocês assim que eu puder."

O médico turco İsmail Koçak, que tem acompanhado o estado de saúde de Jackman, afirmou que a decisão foi tomada em conjunto com o médico particular do ator, o americano Gwen Korovin. "Durante o exame vocal, detectamos uma hemorragia na corda vocal esquerda de Hugh Jackman, então começamos o tratamento", explicou ele em comunicado.

Em avaliação conjunta com o médico do ator no Estados Unidos, decidimos que é impossível que ele continue suas performances. Durante o período, usar ativamente sua voz pode criar danos permanentes em suas cordas vocais. Por outro lado, se ele concluir o tratamento, poderá continuar seus shows normalmente", garantiu o médico. 

Hugh Jackman, famoso por ter atuado em grandes filmes, como Os Miseráveis e a saga X-Men, já havia realizado a primeira apresentação na capital turca na terça-feira (17). O valor dos ingressos para as próximas datas, que seriam de 18 a 20 de março, será totalmente devolvido ao público.

Na quarta-feira (18), o ator australiano de 46 anos chegou a publicar uma foto no Instagram curtindo a Turquia em passeio de barco (foto acima). "Incrível passeio turístico. Istambul, que dia maravilhoso", escreveu ele na rede social. No dia anterior, postou um trecho da peça, em vídeo que aparece dançando sapateado no palco.